mini_flamula_seja_livre_1

Vem na Cosmo | Costuras do Imaginário

Foi durante uma tarde ensolarada em Belo Horizonte que Cintia, idealizadora de Costuras do Imaginário, começou imaginar como seria para o personagem fotógrafo que estava criando se ele não enxergasse, afinal, como ele desvendaria o mundo? Essa reflexão despertou uma semente para fazer a diferença. Em 2009 conheceu Juarês, seu novo amigo que lhe ensinou braile e um novo universo que tinha muito a ser desbravado se abriu. Cintia depois disso começou a desenvolver projetos com e para as pessoas com deficiência visual, e em 2016 transformou a Costuras do imaginário em marca e produtos. Saiba mais desse projeto inspirador na mini entrevista abaixo:
Continue Lendo →